São Paulo Mon Amour chega de Paris para a cidade-inspiração

By Adhemar Juan

Estreia nesta terça-feira, 13, a exposição São Paulo Mon Amour (SPMA), no Museu Brasileiro da Escultura (MUBE).

A mostra passou recentemente por Paris, e agora vem ao local que motivou sua criação. Com instalações polêmicas, como o vídeo “Quarto”, que mostra a artista brasileira Alessandra Cestac nua, deitada nas escadarias de Montmartre.

A idéia da exposição é mostrar a obra coletiva que apresenta olhares de artistas franceses e brasileiros sobre a riqueza cultural que uma metrópole como São Paulo proporciona aos seus moradores e visitantes.

São obras de 9 artistas (brasileiros, mas residentes em Paris)  na exibição. Elas falam sobre assuntos que permeiam a existência humana, como carência afetiva, solidão, o vazio, a multidão, os pensamentos, deslumbramentos e todos os tipos de sentimentos causados por alguém que entra nesse verdadeiro planeta que é São Paulo.

O curador da exposição é o sociólogo, educador e pesquisador da arte urbana. Ele caracteriza a mostra por meio do universo do graffiti e da pixação nas discussões conceituais envolvendo a arte desde os anos 70.

Artistas: Alessandra Cestac, Breno Rodriguez, Caecilia Tripp, Djan Ivson, Paulo Ito, Rogério Canella e Xavier Faltot.

São Paulo Mon Amour

Exposição: de 13 de março a 3 de abril  / Entrada gratuita

Museu Brasileiro da Escultura (MUBE)

Endereço: Avenida Europa, 218 – Jardim Europa

  • Tebenas

    Olá, a edição de  São Paulo, difere da mostra de 2009 em Paris. Além de parte das obras expostas na edição parisiense, ( http://www.saopaulo-monamour.com ) há novos trabalhos, inclusive ensaios produzidos durante a residência artística em Montmartre por Alessandra Cestac e Gal Oppido, este último, importante nome da fotogafia brasileira tem obras nas duas edições, e é preciso ser citado entre os 8 artistas presentes na edição paulistana. Vale conferir no site do próprio MUBE: http://mube.art.br/expos/sao-paulo-mon-amour-varios-artistas/