7 Lições Que Aprendemos Em Belo Horizonte

By Adhemar Juan

O que seria possível aprender em uma viagem a uma das principais capitais do país? Na magnífica Belo Horizonte, em Minas Gerais, existe uma série de experiências memoráveis, por isso fizemos uma lista com 7 lições que levamos para casa depois de visitar a principal cidade mineira.

1.    Receber bem os visitantes

Logo que se chega a Belo Horizonte, nos primeiros contatos com as pessoas da cidade, é muito fácil perceber que é um povo receptivo. Os residentes da capital mineira são, em geral, extremamente simpáticos e acolhedores em relação a quem está visitando a cidade. Este estereótipo é verdadeiro: mineiro sabe receber bem!

2.    Não é só de pão de queijo que vive o mineiro…

viagem-belo-horizonte-3

Que o pão de queijo feito em Minas Gerais é excelente, disso não há dúvidas. Mas, se você estiver procurando bons drinks, em BH você vai encontrar facilmente (saiba onde apreciar os melhores drinks em Belo Horizonte aqui. Depois de experimentar coquetéis como o Pexbaa, que leva chá gelado e cachaça, do Café com Letras, ou o Mojito de Baunilha, do Mambo Drinkeria, você não se sentirá o mesmo.

3.    Comida mineira é uma perdição

viagem-belo-horizonte-6

Uma das coisas boas de estar em Belo Horizonte é poder degustar a legítima culinária mineira. Lá, vá ao restaurante Xapuri, na Pampulha, que serve a tradicional comida de fazenda, em que você pode provar um ossobuco suíno e comer uma cocada de maracujá de sobremesa. Outro lugar imperdível  é o restaurante da Estalagem do Mirante, cujo doce de goiabada caseiro vai fazer você não querer mais voltar pra casa.

4.    Minas Gerais é lugar de músicos emergentes

viagem-belo-horizonte-2

Muitas bandas e músicos brasileiros bem-sucedidos surgiram no estado mineiro, e Minas continua mostrando que tem potencial para novos artistas. Um exemplo é Psilosamples, pseudônimo de Zé Rolê (que já falamos aqui), um produtor que agrega elementos das cantigas e do folclore em sua música eletrônica. A banda Bona Fortuna também é outra que tem se destacado, com sua mescla criativa de rock, folk e pop.

5.    Que Niemeyer deixou belas construções na cidade

viagem-belo-horizonte-4

Quando se fala dos trabalhos urbanos de Oscar Niemeyer, muitos vão lembrar de Brasília e do Plano Piloto. Porém, Belo Horizonte também foi palco para os belos projetos do arquiteto, como o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, que conta com a incrível Igreja São Francisco de Assis, o Museu de Arte da Pampulha, a Casa de Baile e o Iate Tênis Clube. Ele também foi o responsável pela Praça da Liberdade e a Cidade Administrativa, um complexo que reúne as secretarias e a sede do governo estadual mineiro.

6.    Tirar um dia para visitar Inhotim

inhotim-hotel-2

Se você está em Belo Horizonte, estique a viagem por mais um dia e vá até Brumadinho, para  conhecer o Instituto de Arte Contemporânea e Jardim Botânico, Inhotim, que é o maior centro de arte ao ar livre da América Latina. O local ainda deve contar com hotéis a partir do ano que vem. Você não se arrependerá desse tempinho a mais em Minas.

 7.    A incorporar o estilo mineiro de se viver

Para quem é muito agitado, estressado e vive sempre na correria, conviver um pouco com o povo de Minas faz você parecer de outro mundo. Com um jeito tranquilo, sereno – bem típico dos mineiros – eles mostram que é possível chegar longe sem perder a calma.

Serviço:

Café com Letras – Rua Antônio de Albuquerque, 781 – Savassi –  (31) 3225-9973

Mambo – Rua Antônio de Albuquerque, 712, Savassi – (31) 3658-6660

Xapuri - Rua Mandacaru, 260 – Pampulha – (31) 3496-6198

Estalagem do Mirante – Avenida Nair Martins Drumond, 1000 – (31) 3575-5061

Tags: